Copia mais, que tá pouco.

terça-feira, julho 22, 2014

Hoje eu vim pra reclamar. De novo. Risos. Antes de tudo, deixa eu esclarecer um termo aqui pra vocês.

Kibar: surgiu na internet, provavelmente no Twitter como forma de dizer que TU É COPIÃO EIN, MIGS? NA CARA DURA MESMO? TÔ DE OLHO NESSA TUA ZUERA.

Então declaro, odeio gente que kiba. Kiba seu jeito. Kiba sua risada. Kiba suas ~frases de efeito~. Kiba seus projetos pessoais (!!!). Eu juro pra vocês que eu procuro no íntimo do meu ser a paciência e sabedoria que eu não tenho, pra entender (rimei de novo? um pouco né?).



sim, só que não

Uma amiga minha me disse as seguintes palavras: Todo mundo que convive muito com você acaba pegando seu jeito de falar (desculpa, mas é incrivelmente contagiante e isso eu admito). Até aí tudo bem, amados. Coincidências são normais. Gostos parecidos também. O problema é quando você aparece num dia com uma pantufa de capivara e outra de ornitorrinco, e ~por coincidência~ no dia seguinte sua colega aparece igual. NÃO ME VENHA COM ESTE PAPO DE INCONSCIENTE COLETIVO, TU TÁ ME COPIANDO, SUA HORROROSA.

Pensando nisso, a lista abaixo vai resolver o teu problema com gente que te copia. Gente sem personalidade. Gente que desde a 3ª série tem que ouvir os amiguinhos gritando "COPIONA! COPIONA! COPIONA!" e ainda não sacou que tá trilhando o caminho errado pro sucesso.


  • "Para, que tá feio"
É tudo uma questão de tempo e intonação. Você encara a alma da pessoa e diz em um tom baixo, mas incisivo: Para, que tá feio. Acompanhada dessa frase que fala pouco, mas fala bonito, você pode fazer um olhar de reprovação, olhando de cima abaixo a pessoa, principalmente naquilo que ela te copiou. Ou dar umas três batidinhas no ombro tipo "você pode fazer melhor, se esforça mais na próxima.......... encarnação kkk". Esse passo é um aviso. Se a pessoa insistir, você vai pro próximo e...

  • Joga na roda
Você já avisou e a fofa continua achando que você é personagem de anime pra ela sair fazendo cosplay. Então você vai ter que subir um nível de maldade e partir pra HUMILHAÇÃO PÚBLICA. Hehehe, mentira, pega leve meu. Psicólogo custa caro. Mas quando você estiver no meio dos amigos e sacar que DE NOVO a cabrita tá fingindo que é você, manda um "kkkk cê me copia ein meu kkkk pelo amor kkk" num tom de brinks, mas deixando sua mensagem pairando no ar. Daí tem duas reações: Ou a pessoa para, ou se faz de desentendida e continua metendo o louco. Aí...




  • Você mete o louco
Tem gente que não acredita que não dá pra combater fogo com fogo, mas dá. Tá insistindo na palhaçada? Tá achando que você é o ctrl+c e ele é o ctrl+v? CHEGA. Copia a pessoa. Meio 7ª série, confesso, mas nada deixa um copião mais puto, do que você ser copião do copião. É como se ele fosse o Ouroboros, fica perdido porque ele é o começo e o fim do ciclo. E agora? Ou ele para, ou ele continua. E se ele continuar...

  • Abre o jogo
Essa provavelmente é a opção mais madura e deveria ter sido a primeira da lista, mas você faz as sutilezas, dá a chance pra pessoa sacar. Se não funcionar, você chega de skatênis, cueca do Bart e pé na porta. Senta na mesa como se fosse apresentar o Jornal Nacional, cruza as mãos e fala: Mano, para de ser ridículo. Para de me copiar, na moralzinha. Arranja uma vida, mesmo que ela seja no The Sims, mas larga de tentar ser igual a mim, sabe por que? Porque N Ã O  F U N C I O N A. Por favor. Obrigado. De nada. Feito isso, eu espero que o problema tenha sido resolvido. E se não resolveu, ah meu amigo...

  • Larga mão desse(a) otário(a)
Manda a pessoa ir pro espaço procurar o satélite da Originalidade™ antes que a sua mão encontre com a cara dela. Tem gente que nem merece o esforço dos 5 passos, então se quiser mandar esse logo na primeira, tá permitidíssimo. Você também pode mandar a pessoa ir tomar um Café do Starbucks sabor Autenticidade™, só pela brincadeira. Levante e vá embora.




E essas são as dicas pra afastar esse carbono humano que te persegue. Já sofreu com alguém assim? Conta aí nos comentários, porque eu sei que não sou a única.

Beijo no cuore, até mais.

posts recomendados pra você :)

6 comentários

deixa aí pra mim o que achou! sua opinião é importante pra melhorar. críticas construtivas ou destrutivas também (mas vai com calma na destrutiva que eu tenho a baixo-estima alta). se quiser deixar o link do seu blog, fique à vontade, prometo que vou retribuir o comentário :D

p.s. por favor, só comente se realmente ler a postagem, ok?