O glorioso dia que eu doei sangue pela primeira vez.

sexta-feira, abril 17, 2015

Sassinhora como eu gosto de título longo pra postagem!!! Mas aconteceu isso aí que tá escrito ali. Eu doei sangue pela primeira vez e foi muito legal! Concluí um dos itens da minha lista de 21 antes dos 21 e fiquei bem feliz, não só por isso, mas por saber que talvez eu salve uma vida.




Fui doar sangue aqui no COLSAN de São Bernas e foi ó: SHOW. Fui bem atendida, me deram todas as instruções e perguntaram VOCÊ ESTÁ CERTA DISSO SRA??? A SRA PODE FALECmentira, mas me deram todas as precauções e todas as razões e os porquês. Sou uma expert no sanguinho agora. Olha essas hemoglobina toda aqui na sua cara, ó PLAU


obrigada mozão pelos prints marafilhosos

O processo é bem simples: você faz um cadastrinho rápido, só pra eles não esquecerem de você etc, daí passa por um exame de anemia (ela pica seu dedo ISSO AÍ NINGUÉM TE CONTA, É DE SOPETÃO, SABE) e depois por uma consulta com um médico que te faz um zilhão de perguntas, só pra saber se você tá o que? Vivão e vivendo, é claro. Feito tudo isso, você assina um voto que diz se seu sangue pode ser doado ou não - o que eu achei bem louco - e aí meu amigo, é só correr pro abraço. Da agulha na sua veia. RISOS.

Essa parte é a que dá mais pânico no coração por motivos óbvios: SEU SANGUINHO MEIO QUE NÃO SERÁ MAIS SEU. Aí você senta na cadeirinha, a moça passa 500 desinfetantes no bracinho, dá aquela agulhadinha show e daí são 5 minutinhos e o processo tá completo. Ela tira uns tubinhos de sangue antes, e depois seu sangue vai pra bolsa. É LINDU. O processo todo não demorou mais de 20 minutos, do cadastro até a doação. No fim você ainha ganha um lanchinho :D #gordinhafeliz


eu aguentando FIRM

Inclusive se você quiser doar um sanguinho maroto também, é só se informar sobre os pré-requisitos pra ser um doador e encontrar o hemocentro mais perto da sua casa. Tem um projeto lindo da Tchulim também, o Vai Doa! pra você que quer saber mais sobre a necessidade e a importância da doação de sangue. Recomendo, não dói nada, viu? Todo mundo pode ir lá doar, que nem dói. Muito bom.



E foi essa minha saga, foi bem divertido. Daqui 30 dias posso retirar minha carteirinha de doadora e também de VIDA LOKA HARDCORE SANGUE BOM. Você já doou sangue? Me conta como foi e vai, doa de novo! ♥ Se não doou ainda, tá esperando o que?

Beijo no cuore, até mais.

P.S. AH! Não esquece de se inscrever no meu canal no YouTube, que a coisa dos vlogs e vídeos vai rolar tipo: MEIXMO! Beijas!


posts recomendados pra você :)

5 comentários

  1. Geeeente, adorei hahaha melhor documentário sobre doação de sangue que eu já li. E lindo isso de doar, né? Sempre tive vontade, mas falta a coragem pra ser sincera. Tenho um certo medinho de agulha mas minha meta é doar ainda esse ano. A melhor parte foi os prints das conversas, muito eu hahaha e não sabia que era tão rapidinho pra doar, pensei que demoraria tipo umas 2hrs :P

    Tatsiology

    ResponderExcluir
  2. HAHAHAHA obrigado Tati! e a coragem é a parte mais fácil, é só se propor a ir que o resto acontece naturalmente, a coragem vem crescendo haahaha


    e é dificil conversar enquanto sofre sabe, uó


    super rapidinho! doa sim <3

    ResponderExcluir
  3. Hahahahhaha, gente que máximo. Meu sonho doar, mas ainda falta uns 5kgs a mais pra chegar lá :(

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAHAHAHAH ME IDENTIFIQUEI TANTO.


    Eu doei sangue uma única vez E FOI MARAVILHOSO, inclusive fiz um post do mesmo naipe, o que é meio triste, pois nunca mais voltei pra doar. A gente sai de lá achando que vai doar sempre pra salvar o mundo, mas :-/


    Mas, enfim, SIM, NGM FALA DA PICADA NO DEDO. E o questionário foi tão hilário (O meu, dizem que é diferente, varia de estado, se é homem ou mulher etc). Perguntaram se eu já tinha me prostituído, se eu já tinha feito sexo com homem que já tinha feito sexo com outro homem, se eu já tive peste negra (mentira)... Me deu uma vontade louca de rir, porque as perguntas foram muito aleatórias.


    Foi bem rápido mesmo, recomendo a todos. Espero voltar lá (um dia).


    Ri muito com seu blog.

    ResponderExcluir
  5. Que maravilha!!! Espero que eu me inspire, porque confesso que morro de medo da caceta agulha. O lance de poder salvar vidas é algo muito grande, muito maluco e que nos faz sentir importante né? Agora, pergunta de gordinha, o que era o lanchinho???? Hahaha, beijos!

    ResponderExcluir

deixa aí pra mim o que achou! sua opinião é importante pra melhorar. críticas construtivas ou destrutivas também (mas vai com calma na destrutiva que eu tenho a baixo-estima alta). se quiser deixar o link do seu blog, fique à vontade, prometo que vou retribuir o comentário :D

p.s. por favor, só comente se realmente ler a postagem, ok?