8 lições que você aprende quando tem seu próprio BÍZNESS.

quarta-feira, setembro 09, 2015

Desde o ano passado eu tento me desvencilhar do trabalho com design, porque como eu mesma já contei aqui, trabalhar como freelancer desgraça a cabeça num nível aproximado de 100%. As vezes rola até bônus. Daí que há um tempo atrás eu abri a Floreando, uma lojinha que só vendia acessórios florais; coroas de flores, tiaras, presilhas, grampos e até xuquinha. Pois bem, habemus falência. Não rolou. Agora tô com a The Bralette Boutique, uma loja de lingeries sob medida e sob encomenda e bixxo: tá sendo massa.

Mas é aquele papo né, com grandes poderes vêm grandes responsabilidades e bibibi e também vem grandes aprendizados que você fica com a cara no chão. Acompanhe, pequeno gafanhoto.



relaxa q é nois. ta suave. não, serião.
  •  Quando você tá no começo ninguém quer te ajudar.
Mas pode esperar, que no primeiro mísero sinal de Sucessinho™ todo mundo quer virar ~parceiro~. E tudo bem as pessoas se interessarem pelo seu trabalho, até porque se você tem visibilidade, você tem mais gente Di Olho™. Mas o que pega não é isso...

  • Parcerias não são tão ~parceiras~ assim.
As empresas e até outros profissionais confundem o famigerado "uma mão lava a outra" com o "lava minha mão, enquanto eu finjo ir ali pegar sabão pra lavar a sua". São umas propostas quase absurdas, às vezes com nenhum tipo de fundamento ou ligação com a sua marca. Só falta um selo "você vai fazer papel de trouxa se aceitar isso aqui". Desculpa gente, mas uma parceria onde um só lado é beneficiado: tem que ver e tem que ver bem.

  • Não confie em ninguém. Mesmo.
Ok, pode confiar tipo, na sua mãe e em você mesmo (quem acredita sempre alcança) mas desconfie de todo mundo que quer saber demais, que pergunta demais, que fica em cima demais e que tá sempre rondando a fim de descobrir qual é a sua. A gente sabe que nada se cria e blábláblá mas copycat é tão 2000 que eu não consigo lidar. Não mesmo.



taporra.

  • Tudo custa. E caro.
"Vou fazer uns cartões". Caro.
"Vou imprimir umas tags". Caro.
"Vou personalizar embalagens". Caro.
"Vou comer um bolinho Ana Maria". Caro. (Porque você ficou pobre pagando as outras coisas, mas eles tão com uma promoção ótima de 3 bolinhos num pacote só, recomendo. Inclusive aceito.)

  • Feedbacks. MEU DEUS, COMO DOEM.
Qualquer serviço pode ter feedback, mas quando é um produto que você PEGA NA MÃOZINHA... Sério, chega a tremer a mão do artesanato. Pode ser bom ou ruim, seu coração só para de palpitar depois que a pessoa termina de escrever. A parte boa é que você aprende muito com os erros. A parte ruim é que você infarta. Aí é bem ruim mesmo.

  • Tem sempre um Zé Ruela pra criticar.
Eu não ia colocar esse tópico, mas as realidades... Elas têm que ser ditas. Tem pessoas que querem ver o mundo queimar. Você pode ter feito a 8ª maravilha mundial, uma obra prima, THE NEW PICASSO: Vai. Ter. Crítica. E não vai ter pouca. E eu não tô falando de ~crítica construtiva~ porque isso é feedback, venha cá. Eu tô falando de gente DO MAL. Coração ruim mesmo. Mas aí segue em frente, porque com certeza tem outros troféu (e bem maior).



todo dia um 7 a 1 diferente

  • Tem hora que dá tristeza.
E vontade de desistir. E vontade de ir pra Ibiza enquanto vê tudo desmoronar. E geralmente essa hora coincide com a hora do Zé Ruela te criticando. Eu prefiro acreditar que é inferno astral do BÍZNESS, porque se eu for tomar como verdade... Viro vendedora de tchurro na 25 de Março, porque lá ninguém reclama de nada.

  • Vale a pena. MUITO. D E M A I S. AbSuRdAmEnTe.
Ser reconhecido e saber que alguém gosta do que você faz (por mais besta que seja, tipo esse blog)... É shom de ball.  O coração fica quentinho, juro pra vocês. E aí você descobre que sim ENCONTRE UM TRABALHO QUE VOCÊ AMA E VOCÊ NÃO TERÁ QUE TRABALHAR UM DIA SEQUmentira, vai ter que trabalhar todos os dias mesmo. Mas pelo menos não vai ser um saco. Muito. Grande.



iupiiii

E essa foi a lista mais esclarecedora de todos os tempos!!! Minha mãe que disse. Agora você já está preparado para embarcar nesta maravilhosa jornada de ter seu próprio negócio! YAY! Mas se você já teve ou tem seu próprio negócio; já passou por isso em algum momento; gosta de gatinhos; ou come nutella com bolo de chocolate me conta aí nos comentários! E se tiver algo a acrescentar que eu não disse aqui: vamos fazer uma parceria, que tal? RISOS MALÉFICOS.

Beijo no cuore e até mais!

posts recomendados pra você :)

0 comentários

deixa aí pra mim o que achou! sua opinião é importante pra melhorar. críticas construtivas ou destrutivas também (mas vai com calma na destrutiva que eu tenho a baixo-estima alta). se quiser deixar o link do seu blog, fique à vontade, prometo que vou retribuir o comentário :D

p.s. por favor, só comente se realmente ler a postagem, ok?